Tentar se Explicar? Nem para si Mesmo.

nascemos e morremos todos sem muitos saberes. E por mais que os acumulemos, haverá sempre algo inédito a se descobrir
Leonardo Marioto

Leonardo Marioto

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Atualizado em
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Nada neste mundo vem de graça. Tudo tem o seu preço e sacrifícios. Pode-se levar isso para vários outros quadrantes da vida: saúde, família, relacionamentos, trabalho. 

Essas coisas dão mesmo trabalho! 

Não há como se ter um relacionamento sadio consigo mesmo se não houver também investimento, assim como em nossos relacionamentos amorosos e profissionais.

A verdade é que nascemos e morremos todos sem muitos saberes. E por mais que os acumulemos, haverá sempre algo inédito a se descobrir. 

Novas pessoas, novos lugares e trabalhos estarão sempre à nossa disposição.

Quando se é criança, precisa-se do outro para tudo. Desde para nos alimentarmos até para sabermos o que se pode ou não pode fazer, a linha entre o “certo” e o “errado”. 

E, quando adultos, o errado e o certo continuam também como uma perspectiva.

   

Como uma suspeita na qual se repousa o tempo todo, sem nunca adquirir uma definição absoluta. 

Nem do mundo, tampouco de si mesmo. 

Senhora no deserto
Imagem por Michal Jarmoluk em pixabay.com

Esse é, pois, o grande barato da vida: saber suportar-se em meio a tantas incertezas. Flutuar sobre o enorme vácuo entre o verdadeiro e o falso.

Missão impossível é se conhecer. Olhar para trás para se reconhecer. 

Como diria o insuperável filósofo: tudo aquilo que precisa ser demonstrado não tem grande valor¹

Pois aquilo que para si tem de fato validade não necessita de selo terceirizador.

Desejá-lo é o mesmo que procurar um alicerce sustentado em outra coisa que não apenas em si próprio.

Tentar se explicar? Nem para si mesmo.

¹ideia sob a perspectiva de Friedrich Nietzsche.

Servidor público. Músico e escritor nas horas vagas. É também responsável pelo maior site de humanas do Brasil! Formado em Administração pela UNICEP, com especialização em Gestão Organizacional e de Pessoas pela UFSCar.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Posts recentes

Posts populares

PUBLICIDADE